Pesquisar neste blogue

Arquivo do blog Vale dos Duros - O ENDURO em Vale de Cambra

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

NAMBOTIN foi o primeiro vencedor do “Mika Ahola Brave One Trophy”!


A Enduro Test no GP AMV de França foi uma das melhores especiais da temporada. No coração da vila de Thoronet, a especial desenrolava-se logo de inicio pelo leito de um rio seco, obrigando todos os pilotos a um trabalho redobrado e extremamente difícil.
Mas uma vez mais foi Christophe Nambotin (F - KTM), que tive o melhor desempenho, tornando-se o primeiro vencedor do Troféu Mika Ahola "Brave One"!

NAMBOT '... e os outros!


O Campeão do Mundo E3 não facilitou, o que fez com que ficasse à frente do seu maior rival, Pierre-Alexandre Renet (F - Husaberg). Com duas vitórias em Brignoles, Nambotin venceu o Mika Ahola "Brave One" Trophy por mais de 42 pontos sobre o Campeão do Mundo E2, Renet. "O Troféu Brave One" projectado e criado pela ABC Comunicação, é simbolizado por um cinto, assim como é o boxe, a fim de prestar homenagem ao espírito de luta e as qualidades do falecido Mika AHOLA.
"Estou muito feliz e orgulhoso de ser o primeiro a ganhar o Troféu Mika Ahola"Brave One", confessou um animado Nambotin ao receber o cinturão. "Eu lutei com Mika ao longo da última temporada e quando soube de sua morte no início deste ano, foi terrível. Eu realmente queria ganhar este troféu, como muitos pilotos!"
Antoine MEO (F - KTM), para quem este prêmio foi muito importante, fez o seu melhor durante este fim de semana (3/2) para roubar o terceiro lugar de Juha Salminen (FIN - HVA) e Cristobal GUERRERO (E - KTM), que terminaram em quarto e quinto na classificação final.

O Troféu Mika Ahola "Brave One" foi completamente dominado esta temporada por Christophe Nambotin, a prova foi o seu compromisso com a lenda do Enduro que foi Mika AHOLA e sua capacidade de brilhar na  Enduro Test. Este Troféu "Brave One" foi cheio de emoção na cerimónia de entrega de prémios, durante a qual Luca PIDUTTI (na ausência de Marika AHOLA), o mecânico e amigo de Mika, entregou o cinturão para o vencedor francês.
O piloto da KTM vai manter o troféu com o seu nome gravado no couro. Mas, no entanto, ele vai colocá-lo em jogo na próxima temporada ...

Fonte: http://www.enduro-abc.com/

domingo, 28 de outubro de 2012

Husaberg com balanço positivo no panorama nacional


Campeonato Nacional de Enduro 2012

Paulo Miranda
 Ao longo de toda a época ficou demonstrado que Husaberg é uma marca de referência na modalidade, possuindo modelos capazes de lutar pelos lugares cimeiros nas mais diversas classes. Destaque para Paulo Miranda que ao longo do ano venceu cinco dos sete dias de prova na classe Veteranos. O piloto utilizou os modelos FE390, TE300 e mais recentemente e já com o título do troféu assegurado, a pequena TE125. Paulo é exemplo de profissionalismo, empenho e força de vontade, quer na conquista de vitórias, quer na dinamização e mediatização desta marca. A escola de enduro que possui – Turres Offroad, com uma vasta gama Husaberg é também responsável pelo troféu mono-marca no Regional Norte de Enduro. Visivelmente satisfeito com o desfecho do Nacional de Enduro, P. Miranda comentou: “Só posso estar satisfeito. Consegui vencer a classe veteranos CNE quando ainda faltava disputar uma prova, o que espelha bem o domínio que tive ao longo do ano. As motas estiveram simplesmente fantásticas…A todos que apoiaram este projecto vencedor, aqui fica o meu muito obrigado, esperando merecer a vossa confiança para projectos futuros“.

Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2012

Marco Fidalgo
 Numa das especialidades com bastante tradição no nosso país, a Husaberg também tem marcado presença com nota bastante positiva. O destaque deste desempenho vai para o betetista Marco Fidalgo, que aos comandos da Husaberg TE250 milita na classe TT2 do CNTT2012. Com prioridade para o “papel” de embaixador da marca, Marco tem demonstrado uma fácil habituação à modalidade, ocupando mesmo a 6ª posição (menos uma prova) quando falta apenas disputar a tradicional Baja Portalegre 500. “É um orgulho para mim representar uma marca com tanta tradição no desporto off-road. A juntar à habitual prática de btt de uma forma profissional, a Husaberg é um complemento essencial para a minha preparação física. As provas de todo-o-terreno são de certa forma um “escape” e uma forma de ampliar a minha imagem de atleta perante público e imprensa. Os resultados estão a surgir de dia para dia e só tenho que agradecer à SCVouga”.

Já o Dr. Paulo Silva – representante máximo Husaberg em Portugal, destaca o trabalho dos atletas acima citados comentando: “O trabalho demonstrado por todos os pilotos, bem como pelo gabinete de assessoria tem sido excepcional. Temos feito bastantes esforços para ajudarmos e os atletas têm conseguido os seus objectivos, ao mesmo tempo que dinamizam a marca da melhor forma. Um obrigado a todos e continuação de todo o sucesso desportivo”.

Texto: Marketing Husaberg Portugal
Fotos: DR

sábado, 27 de outubro de 2012

Enduro Open de Caminha a 11 de Novembro


Caminha irá receber a próxima prova do Campeonato Regional de Enduro Norte, no próximo dia 11 de Novembro, para agora recordamos a edição 2011 do Enduro Open de Caminha.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Husaberg repleta de sucessos na época 2012


Dois títulos no Campeonato do Mundo de Enduro e o prémio fabricante nos ISDE carimbaram a época Husaberg 2012.

Renet (esq.) e Bellino (Dir.)
O enorme sucesso da Husaberg na época de 2012 terminou com os títulos de Enduro2 e Enduro|Junior na derradeira jornada em Brignoles – França. Pouco antes a equipa Husaberg já tinha recebido o título de fabricante nos International Six Days de Enduro, realizados em Saxónia – Alemanha.

Renet - Enduro 2
Sem dúvida que o GP de França “apadrinhou” da melhor forma o final da espectacular temporada por parte da equipa de fabrica Husaberg e de todos os seus pilotos. Mathias Bellino já havia garantido o seu título de campeão do Mundo na 7ª ronda realizada na Finlândia, mas Pierre Alexandre Renet aproveitou a prova gaulesa para se distanciar do seu mais directo adversário e conquistar o título mundial na classe E2.

Já na concorrida classe E3, Joakim Ljunggren esteve ao longo do ano sempre no pódio e terminou o ano na segunda posição, logo atrás do imbatível Christophe Nambotin. Depois de ano passado Joakim ter sido 3º classificado no EWC, este é sem dúvida o melhor resultado sénior do piloto sueco. Já Oriol Mena, ainda bastante combalido de um acidente em treinos, abandonou o primeiro dia de prova e já não alinhou na derradeira jornada, terminando a época mundialista na 5ª posição.

Bellino - Júniores
 A estratégia e política por parte da Husaberg em apoiar jovens atletas ficaram mais que provadas através de Mathias Bellino com a conquista do título Júnior. Vencedor dos dois dias em França, o gaulês conquistou a primeira posição em doze dias de mundial ao longo da época.

Os pilotos Husaberg na Youth Cup também tiveram nota de destaque ao longo do ano, tendo Matteo Bresolin sido vice-campeão. Jamie McCanney também está de parabéns na sua primeira época no Mundial com a conquista do lugar mais baixo do pódio.

No relato do enorme sucesso que foi esta temporada não podemos esquecer a classe feminina. As jovens Husaberg - Blandine Dufrene e Jane Daniels terminaram a época vencida pela espanhola Laia Sanz, na 4ª e 8ª posição respectivamente.

Resultados Finais 2012 - Enduro World Championship


Enduro 2
1. Pela Renet (Husaberg) 260; 2. Cristobal Guerrero (KTM) 243; 3. Juha Salminen (Husqvarna) 236; 4. Ivan Cervantes (Gas Gas) 173; 5. Johnny Aubert (KTM) 162; 10. Hans Vogels (Husaberg) 72

Enduro 3
1. Christophe Nambotin (KTM) 314; 2. Joakim Ljunggren (Husaberg) 238;
3. Aigar Leok (TM) 232; 4. David Knight (KTM) 178; 5. Oriol Mena (Husaberg) 167; 7. Christophe Robert (Husaberg) 109

Enduro Júnior
1. Mathias Bellino (Husaberg) 299; 2. Jonathan Manzi (KTM) 229; 3. Danny McCanney (Gas Gas) 216; 4. Kevin Benavides (KTM) 172; 5. Rudi Moroni (KTM) 151; 8. Alex Rockwell (Husaberg) 97; 10. Johan Edlund (Husaberg) 81

Enduro Women
1. Laia Sanz (Gas Gas) 151; 2. Ludivine Puy (Gas Gas) 145; 3. Audrey Rossat (KTM) 89; 4. Blandine Dufrene (Husaberg) 72; 5. Jessica Gardiner (Yamaha) 65; 8. Jane Daniels (Husaberg) 43

Enduro Youth Cup
1. Giacomo Redondi (KTM) 277; 2. Matteo Bresolin (Husaberg) 161; 3. Jamie McCanney (Husaberg) 115; 4. Luis Oliveira (Yamaha) 95; 5. Albin Elowson (Husaberg) 93
 
Troféu Construtores na 87ª edição ISDE

Desde cedo esta época, os pilotos Husaberg Factory Team - Pela Renet, Mathias Bellino e Joakim Ljunggren demonstraram que o título de construtores estava ao nosso alcance nos International Six Days Enduro.

Depois de seis dias intensos de prova no final de Setembro, a equipa conquistou uma vitória sofrido perante todos os construtores mundiais. Sem dúvida alguma que a época de 2012 foi a mais bem sucedida ao longo da história da Husaberg e o conceito “Puro Enduro” está cada vez mais sólido na competição e mercado.
 
Texto: Marketing Husaberg Portugal
Fotos: DR

"Best of" do GP de Enduro em Brignoles, França 2012

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Troféu Husaberg | Turres Offroad - Vales Longos

Resumo da segunda prova do Troféu Husaberg | Turres Offroad, inserido no Campeonato Regional de Enduro Norte 2012, no 2º Enduro Vales Longos.

CNE2012: Resumo Enduro Ourém

terça-feira, 23 de outubro de 2012

EWC2012: GP de França - Brignoles


Como muitos de vós já sabem, estivemos no fim de semana passado em França, para assistir à ultima prova do Campeonato Mundial de Enduro 2012, na Cidade de Brignoles.
Em relação a pilotos portugueses, estiveram em prova Gonçalo Reis, Luís Correia e Luís Oliveira (Oliveirinha) que acabou por vencer a Youth Cup 125cc no 2º dia de prova, terminando assim a época em grande.


A comitiva do ValeDosDuros.com | ModoJ, que esteve no GP de Enduro.


A tripla de reportagem ModoJ|ValeDosDuros.com com a equipa Solposto, momentos antes da partida do Gonçalo para o 2º dia de prova.


Um Piloto de Enduro. Oliveirinha antes da ET de Thoronet, a puxar da sacoche, ferramenta na mão e ele próprio a dar uma pequena afinação nas suspensões para esta especial.
O resultado final do dia já todos nós sabemos, 1º na Youth Cup 125cc, Parabéns Luís Oliveira.


As especiais eram todas elas envoltas em grandes cenários, tanto pelo local como pelo muito publico presente. Aqui parte da Cross Test1.


Pelo meio ainda fotografamos a Bandeira de Portugal às direitas. Comitiva da ACMOTOS|TM Racing de Vale de Cambra, também presentes no GP de França.


Aqui uma zona de percurso entre a Extreme Test e a Enduro Test, à passagem das meninas do Mundial.


Perto de um dos pontos de publico da Enduro Test ainda nos cruzamos com o Henrique Nogueira, o Campeão Nacional Open 1, que esteve em Brignoles para apoiar o Luís Oliveira.


A Enduro Test era em linha, começando num ponto e terminando noutro, na minha opinião deviam ser todas assim, é isto a verdadeira Enduro Test, trilhos entre as árvores, subidas e descidas todas naturais, começando num leito de rio seco com pedras, muito bonita. Aqui à passagem do Finlandês Juha Salminen.


A expressão "À grande e à Francesa" no paddock do GP.


Brignoles tinham muitas Quintas de Champagne, criando bonitos cenários na região.


A especial Extreme era simples e rápida, mas toda ela natural e num bonito enquadramento.


Nesta zona tinha a Extreme Test e a Cross Test 1, apenas separadas pela estrada, no meio funcionava a assistência (ZA).


Cada vez mais os jovens pilotos a dar espectáculo, sendo eles na maioria das vezes que levam o publico ao rubro, tanto nos Juniores como as abelhas 125cc da Youth Cup muito gás.


Agora só pro ano, vamos lá a ver se o Coelho e o Gaspar deixam a tripla ModoJ|ValeDosDuros.com voar novamente para reportar mais um GP de Enduro fora de Portugal.

ACMOTOS | TM RACING no GP de Enduro em Brignoles, França

Uma comitiva da ACMOTOS|TM Racing também esteve em França para assistir ao GP de Enduro em Brignoles.


A equipa de fabrica da TM Racing, gerida pelo ex-piloto Luca Cherubini, ainda tinha o piloto Aigar Leok com possibilidades de alcançar o segundo lugar da Classe Enduro 3, não conseguiu somar os pontos suficientes nesta ultima prova, terminando assim este Campeonato num não menos honroso 3º lugar final.

Aproveitamos e também estivemos à conversa com António Carmo, o importador da marca Italiana para Portugal e responsável pela ACMOTOS em Vale de Cambra, que nos revelou estar em marcha um projecto para tentar colocar um jovem piloto português a fazer o Campeonato Nacional de Enduro aos comandos de uma TM Racing e fazer também o Mundial de Enduro no Troféu Youth Cup 125cc.

Ficamos aguardar mais novidades.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

ValeDosDuros.com no Mundial de Enduro GP de França 2012

Pois é, este fim de semana a equipa de reportagem do ValeDosDuros.com vai estar em Brignoles - França, para assistir à ultima prova do Campeonato Mundial de Enduro 2012.
As baterias estão carregadas e vamos levar muitos "rolos" para registar alguns dos melhores momentos e prestações dos pilotos portugueses em prova, por isso não deixem de visitar o ValeDosDuros.com para posteriormente verem as fotos que iremos partilhar.


Info: enduro-abc.com
Tempos Online: enduro-live.info

Extreme XL Lagares 2012 - Highlights

"O céu acaba aqui!"

Prova Internacional de Hard Enduro realizada em Lagares, Penafiel - Portugal. Uma organização das Melicias de Lagares.
A contar para o KoEE (Kings of Extreme Enduro), com a presença dos melhores pilotos de Hard Enduro mundial da actualidade, tendo sido vencedor o britânico Graham Jarvis, seguido de Doug Lampkin e Alfredo Gomez.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Fábio Pereira Vice-Campeão Nacional Enduro


Ourém recebeu, no passado fim-de-semana, a prova de encerramento do Campeonato Nacional de Enduro.



Fábio Pereira, aos comandos da sua Yamaha YZ 250F foi terceiro classificado em Elite 1 e sagrou-se assim Vice-campeão da sua classe atrás de Luis Oliveira, também em Yamaha.
A chuva forte que caiu ao início da manhã em Ourém fez com que algumas partes do percurso tivessem que ser cortadas, mas que acabaram por ser repostas na segunda metade da corrida, com a melhoria do tempo que se fez sentir.
       
O piloto da Yamoeste permaneceu regular ao longo da corrida, optando por não arriscar demasiado, já que o segundo lugar no campeonato era garantido. Apesar disso, Pereira ainda teve uma queda aparatosa quando cumpria a primeira passagem pela especial Extreme, felizmente sem consequências de maior.
Alcançar finalmente uma posição de destaque num Campeonato Nacional é muito gratificante. Este vice-campeonato é uma vitória para mim. Alinhei este ano numa das classes que supostamente seria das mais exigentes, entre os meus adversários estavam o campeão em título e dois pilotos que disputam o campeonato mundial, à partida não iria ter a vida facilitada, mas consegui colher os frutos da minha regularidade e não podia estar mais contente com isso!
Agradeço a todos os meus patrocinadores, sem eles seria impossível lançar-me neste desafio. Agradeço também à minha família e amigos, e a todos os que me foram apoiando ao longo da época, e à Cristina que como muitos sabem é uma peça fundamental na equipa. A todos eles o meu muito obrigado!

Texto: Fábio Pereira Press Release Ourém
Foto: Tugabikers.com

KimotoGO vence CNE 2012 na Classe Open2


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Extreme Lagares 2012 - Trailer by Philippe Teixeira

Deixo-vos aqui um excelente video, produzido pelo Philippe Teixeira, que tive a oportunidade de conhecer na Extreme Lagares 2012.
Um excelente trabalho que mostra bem a dureza, o sofrimento dos pilotos, a satisfação em chegar ao fim, em resumo o grande espectáculo e desafio que é a Extreme Lagares.

Luís Oliveira e Diogo Ventura conquistam títulos Elite


Luís Oliveira e Diogo Ventura sagraram-se hoje campeões nacionais de Enduro nas respectivas classes Elite, o que sucede pela primeira vez na carreira dos referidos pilotos. A confirmação dos títulos aconteceu em Ourém, na jornada de encerramento do Campeonato, cujo vencedor absoluto foi Luís Oliveira.

Luis Oliveira (Foto de arquivo)
A chuva ainda "espreitou" o pelotão neste Domingo, caindo antes da partida durante cerca de meia hora e na fase inicial da primeira volta. À cautela, a organização aplicou desde logo algumas alternativas estudadas a sectores mais problemáticos do percurso, mas S. Pedro foi benevolente e face à melhoria das condições climatéricas, na segunda metade da prova o percurso já foi enfrentado na sua versão original, com cerca de 40 Km de extensão. Em Ourém alinharam 91 concorrentes para esta sexta e última jornada do Campeonato, sendo que os homens das categorias Elite e Open efectuaram quatro voltas ao percurso. 

Diogo Ventura (Foto de arquivo)
Luís Oliveira e Diogo Ventura têm ambos 19 anos de idade e são os novos campeões Elite, nas classes 1 e 2, respectivamente. Neste Enduro de Ourém, Oliveira comemorou a conquista da coroa com mais um triunfo absoluto. O piloto de Belas foi o mais rápido em nove das onze passagens por troços cronometrados, e à "geral" bateu Diogo Ventura por 38,5s. Paulo Felícia foi o 3.º absoluto, e 2.º da classe 1. 

Em termos específicos da classe 2, Ventura foi amealhando vantagem sobre Mário Patrão, cifrada em 25s à entrada para a penúltima "especial". Porém, nesse troço o piloto de Góis averbou uma queda, e Patrão passou para a frente apenas por meio segundo. Na última classificativa os dois homens estiveram ao ataque, mas Ventura foi mais veloz e garantiu a vitória na classe. 

Também na categoria Open a prova organizada pelo Natureza ACER desvendou os novos campeões. Na classe 1, Henrique Nogueira foi sistematicamente o mais rápido (menos em dois troços), e adjudicou o título com mais um êxito, sendo o 2.º neste dia Pedro Gravato. Quanto à classe 2, o espanhol Luis Cesar Morais impôs-se nesta jornada, mas o 2.º lugar rendeu a Nuno Oliveira os pontos suficientes para embolsar a coroa. 

Outro duelo aconteceu no Troféu Verdes, pois Bernardo Megre e Filipe Saúde chegaram a esta derradeira jornada em igualdade pontual na classe V1. O sucesso foi alcançado por Megre, que deixou o rival a 13s. Por outro lado, na classe V2 o primeiro na prova foi Ivo Pinto, seguido de Bruno Rocha, mas o 3.º lugar chegou e sobejou para o espanhol Arturo Iglesias ganhar o respectivo Troféu. Finalmente, em Veteranos, Arsénio Miranda levou a melhor nesta ronda, mas Paulo Miranda já antecipadamente tinha garantido o êxito global no Troféu dessa classe.


Fonte: fmportugal.pt

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Husaberg e Graham Jarvis vencem 8ª edição da Extreme XL Lagares

Graham Jarvis na ZE3

O britânico Graham Jarvis venceu no passado fim-de-semana, a Extreme XL Lagares 2012. A prova portuguesa que já se tornou uma referência no panorama mundial de hard-enduro, contando com aproximadamente 150 atletas oriundos dos quatro cantos do globo.

O dia de sábado foi dedicado à visualização das zonas mais críticas e prologo que decorreu na aldeia preservada de Quintandona - pequena e acolhedora povoação que serviu também de centro nevrálgico da EXL. A presença dos grandes pilotos internacionais, com especial destaque para Jarvis, Xavi Galindo, Alfredo Gomez ou mesmo os portugueses Paulo Miranda e Adriano Martins na classe PRO, faziam antever um grande espectáculo para o dia de domingo. Na lista de inscritos contávamos ainda com diversas duplas Husaberg repartidas pelas classes Hobby e XL, não esquecendo o convidado especial – Martin Freinademetz (Redbull Romaniacs) que rolou em Lagares com uma mota cedida pela Turres OffRoad.

No domingo a classe Pro teve que cumprir duas voltas e ¼ com um total acumulado de 70 km´s num tempo total de aproximadamente seis horas. O ambiente era fantástico e a cada zona espectáculo, o público amontoava-se e gritava para apoiar estes pilotos.

No dia do prólogo Jarvis esteve bastante cauteloso, no entanto no domingo atacou de inicio e já liderava à passagem da primeira volta. A cada passagem o britânico ganhava mais tempo terminando esta edição com aproximadamente 30 minutos para o seu mais directo adversário – Doug Lampkin. “Esta foi sem dúvida a prova mais dura onde já estive. Foi um desafio encontrar aderência e carregar a mota em muitos sítios. Isolei me agora no troféu KoEE e vou para a Turquia (Redbull Sea to Sky) mais descansado”.

Já Alfredo Gomez sofria um contratempo ao deixar cair a sua mota a um ribeiro. O espanhol perdeu bastante tempo e no final comentou: “Incrível. Tive o azar de meter água na mota e estive parado cerca de 15 minutos. Perdi totalmente o contacto com os homens da frente mas não desisti”. Depois de recuperar da melhor forma Gomez conseguiu terminar na terceira posição e garantir mais um pódio para a Husaberg. Ainda do leque dos pilotos “mundialistas” destaque para Xavi Galindo Arbones que aos comandos da novíssima HBG TE300, conseguiu ser 5º classificado. Apenas cinco pilotos conseguirem cumprir a prova na totalidade, sendo que três são “Husaberg rider´s”.

Adriano Martins no final da prova
 Ainda na classe PRO e detentor do melhor resultado português estava Adriano Martins. O jovem local, bem conhecedor das zonas e com um andamento bastante regular terminou na 11ª posição. Paulo Miranda – líder da classe veterana no CNE 2012 já a uma volta do vencedor, garantiu a 15ª posição (4º nacional) num total de 35 inscritos nesta classe. “A organização apresentou um percurso muito técnico e de grande beleza, no entanto demolidor em termos físicos. A EXL é o tipo de corrida que  põe a prova toda a nossa capacidade técnica física, mental e da própria mota. Sem dúvida que a TE200 que utilizei foi uma aposta acertada – tem potencia e é bastante leve. Um obrigado a todos os patrocinadores e em especial ao meu mochileiro”.

Paulo Miranda antes da rampa final
 Pelo feedback de todos os pilotos, sendo duvida que esta foi a mais dura e exigente prova jamais organizada. O Extreme Clube de Lagares aplicou-se da melhor forma para que a prova não fosse impossível mas que ficasse na memória de todos por muito tempo. Em boa hora o fez pois as motas Husaberg estiveram ao mais alto nível e os pilotos contribuíram da melhor forma para esta 8ª edição da Extreme XL Lagares. Venha a próxima…

Classe PRO: 1º Graham Jarvis (Goldentyre/Husaberg); 2º Doug Lampkin; 3º Alfredo Gomez (Husaberg Factory); 4º Melcior Faja; 5º Xavi Galindo (Husaberg Factory); …9º Dani Gibert (Husaberg/EnduroMadrid); …11º Adriano Martins (Husaberg/EnduroCode); …15º Paulo Miranda (Husaberg Turres Off Road); …22º Jane Daniels (Husaberg UK)

Texto: Husaberg Portugal
Fotos: ModoJ - Fotografia

Final do Campeonato Nacional de Enduro é já este fim de semana em Ourém

Toda a informação em: natureza-acer.blogspot.pt

Recorde-se a prova do ano passado.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Extreme Lagares 2012 - Comunicado da organização


Como foi dito no final pela organização, há que respeitar os locais que foram usados para a prova, pois a maioria dos locais são terrenos privados e só foi concedida autorização para passar nos dias da prova.
O cuidado e o respeito por parte dos Enduristas, é a receita de sucesso para no próximo ano podermos todos gozar novamente deste evento, por isso respeitem as recomendações da organização da Extreme XL Lagares.

Enduro Chronicles : Red Bull Romaniacs - Episode 6

Extreme XL Lagares 2012: Todas as fotos do DIA 2

Graham Jarvis a sentir a dureza da XL Lagares - ZE3 Castelos
Todas as fotos do evento principal da Extreme XL Lagares 2012, em Lagares - Penafiel. Organização das Melicias de Lagares.

Um evento a contar para o troféu internacional "Kings of Extreme Enduro" (KoEE), com a presença dos melhores pilotos de Hard Enduro da actualidade, mas também as resistentes equipas XL e os Hobby num verdadeiro desafio de superação pessoal e em equipa.

ModoJ at Lagares 2012, agradecimentos à organização.

Comunicado

"A equipa de reportagem ModoJ quer agradecer a todos os fãs da nossa página aqui no facebook e a todos os que nos seguem e comentam o nosso trabalho, a eles muito obrigado.

Queremos ainda informar que a Extreme XL Lagares 2012 foi o evento que registou mais actividade e feedback, alcançando cerca de 50mil pessoas (Gostos, comentários, partilhas, etc) só nesta página de facebook, um numero bastante superior a qualquer outro evento de nível internacional onde nós já fizemos cobertura fotográfica.

Queremos assim agradecer à organização da Extreme XL Lagares, a oportunidade que nos deram pelo segundo ano consecutivo, de trabalhar no seu grande evento e assim ajudar na sua promoção e divulgação em Portugal e além fronteiras.

O mediatismo que a Extreme XL Lagares já alcançou deve-se à enorme dedicação daquele que andam todo o ano a preparar estes dois dias de pura adrenalina e aventura de superação pessoal nos trilhos mais Duros de Lagares, não estando ao alcance de qualquer evento, só mesmo os de nível mundial como a Extreme XL Lagares já o é.
Por isso um bem haja para as "Melicias de Lagares".

Agora como foi dito no final pela organização, há que respeitar os locais que foram usados para a prova, pois a maioria dos locais são terrenos privados e só foi concedida autorização para passar nos dias da prova.
O cuidado e o respeito por parte dos Enduristas, é a receita de sucesso para no próximo ano podermos todos gozar novamente deste evento, por isso respeitem as recomendações da organização da Extreme XL Lagares."

Obrigado,
Joel Santos, Jorge Gomes e Nuno Tavares (ModoJ Crew at Lagares 2012)

Bianchi Prata - Campeão Europeu de Bajas 2012

terça-feira, 9 de outubro de 2012